CALIFÓRNIA

O Nego News

Chinatown passa por dificuldades em meio a pandemia

1 Mins de leitura

O bairro de Chinatown, famoso por suas lojas e restaurantes em San Francisco, está enfrentando dificuldades para se manter em meio a pandemia. 

O bairro, que sempre foi muito movimentado, hoje está vazio. Os casos de coronavírus na Califórnia continuam aumentando, mesmo com a chegada da vacina, e os comerciantes estão sem esperanças com o momento. 

“É uma sensação de depressão, sabe, quero dizer, se não há outra maneira de descrever, é uma sensação de depressão e não parece Chinatown”, explicou Malcolm Yeung, diretor-executivo do Chinatown Community Development Center.

San Francisco foi uma das primeiras cidades do país a implementar a paralisação, o que deixou as ruas vazias em toda a cidade, mas a conselheira da Associação de Comerciantes de Chinatown, Betty Louie, acredita que o bairro foi atingido ainda mais cedo por causa da xenofobia contra a população e os comerciantes do bairro.

“O que começou com ataques, passou para lojas vazias, e então teve um grande declínio no turismo. Foi um ano prejudicial para a comunidade”, comenta Malcolm Yeung.

Com a aproximação do Ano Novo Lunar, o diretor-executivo do CCDC disse que será devastador, uma vez que nenhum desfile ou festival de rua está programado. As empresas de Chinatown geram até um terço de sua receita anual durante o feriado. Para fortalecer a comunidade local, os comerciantes estão contando com doações pelo programa Feed and Fuel Chinatown.

“É por isso que a ajuda da cidade, dos doadores, de quem quer que seja… para manter os restaurantes abertos, os imigrantes empregados são mais crítica agora do que nunca”, afirma Yeung.

As doações para o fundo de arrecadamento podem ser feitas pelo site clicando aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *